Ana Paula de Miranda é administradora pela Universidade de Pernambuco (UPE), mestre em administração pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) com dissertação em comportamento de consumo (de moda), doutora em Administração de Empresas na Universidade de São Paulo (FEA-USP) com tese em marketing (consumo de marcas de moda). Atuou como pesquisadora convidada do Departamento de Negócios da Moda da Manchester Metropolitan University (Reino Unido).

ana-paulaÉ diretora de negócios da Modus – Marketing & Semiótica onde desenvolve trabalhos de fashion branding em conjunto com Carol Garcia atendendo clientes como Ronaldo Fraga, Santana Textiles e Plaza Shopping. Professora de Teorias do Consumo e Sistema da Moda no Mestrado em Administração e Coordenadora e professora do MBA em Moda da Faculdade Boa Viagem (FBV) – PE onde leciona a disciplina de Marketing para a graduação. É professora convidada do SENAC-SP, Faculdades Marista-CE, Instituto Rio Moda, UNIPÊ-PB. Publicou mais de 30 estudos em congressos e encontros no Brasil, Chile, Espanha, Venezuela e Estados Unidos, também nas revistas DeSignisFashion Theory e Dobra[s]. Co-autora do livro Moda é Comunicação: experiências, memórias, vínculos e 46 Livros de Moda que Você Não Pode Deixar de Ler. Membro da Comissão Científica do Colóquio de Moda onde é coordenadora do Eixo Marketing e Moda. Pela Estação, ela publicou o livro Consumo de moda – a relação pessoa-objeto.

Ufa! E apesar de sua extenso currículo no estudo de comportamento de consumo, Ana ainda arranja tempo pra manter um grupo de pesquisa em moda no Recife, onde mora.

Lá mesmo no Recife, a autora lançou o relatório de pesquisa Acessórios de Moda: o que as mulheres querem. Um estudo sobre o consumo de acessórios de moda e a sustentabilidade do APL de moda do agreste pernambucano. Abaixo, os banners do evento.

ana-paula-3

ana-paula-4

Aqui, um outro texto, contando sobre a contribuição que Ana Paula de Miranda fez no livro Consumo; práticas e narrativas organizado por Kathia Castilho e Sylvia Demetresco.

CONSUMO DE ACESSÓRIOS DE MODA: um é pouco, dois é bom e muitos é bom demais!, é o título do texto que Ana Paula de Miranda publicou no livro Consumo; práticas e narrativas organizado por Kathia Castilho e Sylvia Demetresco. Ana Paula alí apresenta a proposta de estudo e pesquisa sobre os acessórios que se iniciou no ano de 2011 e que somente agora terá todos os seus resultados efetivamente apresentados.

Ana Paula começa o texto explicando que para entender o consumidor de moda é preciso ver a moda como forma de gerenciar a aparência, onde roupas e acessórios em suas diferentes formas causam uma impressão nos outros sobre nós de forma gerenciada diante dos objetivos a serem alcançados.

Vale ainda ressaltar na proposta da autora a necessidade de reconhecer, no consumo de acessórios de moda, o universo simbólico no qual as pessoas constroem suas identidades já que é no processo de transmissão de significados que a moda acontece.

Os significados são renovados culturalmente e tais códigos e objetos da moda classificam as pessoas e suas relações sociais, comunicam valores culturais justamente a partir das interações no seu meio social.

O propósito deste estudo foi identificar os fatores relevantes para o consumo de acessórios de moda nas cidades de Recife e Caruaru, buscando identificar quais os fatores físicos/tangíveis e os fatores sociais/simbólicos relevantes para o consumo de deles e quais os significados atribuídos pelos consumidores na decodificação que fazem dos acessórios de moda.

A roupa é a base, é como se fosse o caderno ou a tela, e a eloqüência está nos acessórios, como estes sendo as tintas, a escrita.